Mais de 2,7 mil morreram em ocorrências de trânsito em SC nos últimos dois anos

Enviar no WhatsApp
Mais de 2,7 mil morreram em ocorrências de trânsito em SC nos últimos dois anos

Foto: Diorgenes Pandini / Diário Catarinense

 

Entre 2016 e 2017, Santa Catarina registrou ao total 41.462 ocorrências de trânsito. Os acidentes causaram 2.757 mortes e 28.080 casos de invalidez permanente. Os números, divulgados pela seguradora que administra o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), servem de alerta para o cuidado no trânsito, especialmente durante um feriadão em que espera-se aumento de 55% do movimento de automóveis nas estradas federais.  

Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os quase 52 mil acidentes registrados nas estradas brasileiras de janeiro a setembro deste ano trazem a falta de atenção à condução como principal causa. O uso de álcool por parte do condutor também permanece chamando a atenção nas estatísticas: foram mais de 4 mil casos, de acordo com a PRF.

Além do feriadão por conta da Proclamação da República, este domingo (18) também marca o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito, celebrado pela Organização das Nações Unidas (ONU). O decênio 2011-2020 foi escolhido pela instituição como Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito.

No Brasil, foram mais de 63 mil mortes nos últimos dois anos. De acordo com o levantamento, em 2016 e 2017, entre as vítimas das ocorrências fatais já indenizadas pelo Seguro DPVAT, mais de 26 mil eram jovens entre 18 e 34 anos. A motocicleta foi a responsável pela maior parte desses acidentes, cerca de 76%, que envolveram principalmente os próprios motoristas.

Das mortes registradas no país nesse período e indenizadas pela Seguradora Líder, 65% estavam concentradas nas regiões Sudeste e Nordeste. Entre os estados destacam-se São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Paraná e Rio de Janeiro, representando juntos 46% das ocorrências. Já os estados do Acre, Amapá, Roraima, Sergipe e o Distrito Federal apresentaram o menor índice de mortes.

 

Por Diário Catarinense

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo