Operação nas fronteiras de Santa Catarina aborda 14 mil pessoas e prende 32

Drogas, armas e veículos foram apreendidos durante as 12 horas de monitoramento.

Enviar no WhatsApp
Operação nas fronteiras de Santa Catarina aborda 14 mil pessoas e prende 32

Todos os acessos de Santa Catarina foram monitorados(Foto: Divulgação/PM)

 

Mais de 14 mil pessoas foram abordadas e 32 detidas durante a Operação Fronteiras III, realizada pela Polícia Militar (PM) e pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) em território catarinense. A ação, que ocorreu entre o meio-dia e a e a meia-noite desta sexta-feira (7), teve como principal objetivo proteger as fronteiras do Estado, por meio da vigilância por terra, água e ar.

Um total de 299 pontos de fronteira foram monitorados. A ação reuniu esforços de 2.433 policiais, com apoio da Polícia Militar do Paraná e da Brigada Militar do RS, que fizeram o fechamento nas divisas de seus Estados. A PRF também intensificou a fiscalização nas rodovias federais.

— Neste período, fiscalizamos armas, drogas, veículos e fizemos uma parceria com a Secretaria de Agricultura, através da CIDASC, pra monitorar a entrada de animais vivos”, afirmou o comandante-geral da PMSC, coronel Araújo Gomes.

Segundo ele, o objetivo foi colaborar com a proteção sanitária do Estado e suas licenças de área livre de vacinação, críticas para a economia catarinense.

Um total de 10.573 veículos foram abordados. Desses, 218 foram apreendidos e 63 Carteiras Nacionais de Habilitações recolhidas. Ainda houve apreensão de 358 gramas de maconha, 127 gramas de crack e de oito comprimidos de Ecstasy, além de outros entorpecentes em pequenas quantidades. Também foram apreendidas três armas de fogo e duas armas brancas.

Veja os números da operação:

 

Todos os acessos de Santa Catarina foram monitorados

Todos os acessos de Santa Catarina foram monitorados (Foto: Divulgação/PM)

 

Por Redação DC

NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo