Número de PMs e bombeiros infectados por coronavírus em SC cresce mais de 100% em 15 dias

Total de contaminados pela doença é de 347 agentes, entre policiais e bombeiros.

Enviar no WhatsApp
Número de PMs e bombeiros infectados por coronavírus em SC cresce mais de 100% em 15 dias

Foto: Diorgenes Pandini / Arquivo / Diário Catarinense

O número de policiais militares e bombeiros infectados pelo novo coronavírus em Santa Catarina cresceu mais de 100% em 15 dias. Conforme a Associação de Praças de Santa Catarina (Aprasc), o total de casos entre os militares passou de 171 para 347 nas duas últimas semanas, o que representa um aumento de 106%.

Os dados constam em relatório divulgado nesta quarta-feira (22). Entre os policiais, os casos subiram de 114 para 240, um crescimento de 110%. Já o número de bombeiros que testaram positivo para a Covid-19 passou de 54 para 107, com uma alta de 98%.

Conforme a Aprasc, a maior incidência da doença entre os policiais militares catarinenses ocorre em Florianópolis, Criciúma e Joinville, além das polícias especializadas. Os locais com mais casos entre os bombeiros não foram divulgados.

A Aprasc também informou que há 258 casos suspeitos e 172 recuperados de coronavírus na PM. Nos bombeiros, há 71 recuperados da doença e outros 61 casos suspeitos.

Santa Catarina vive uma escalada de casos e de mortes por Covid-19, e da sobrecarga do sistema de saúde. Nesta quinta-feira (23), o Estado Santa registrou mais 49 óbitos pela doença e passou a marca de 800 vítimas fatais. São 62,2 mil casos confirmados, conforme a Secretaria de Saúde.

Nesta quinta-feira (23), o número de regiões consideradas em estado gravíssimo para o coronavírus subiu de sete para nove. A classificação leva em conta dados de aumento de casos e de mortes pela doença, leitos de UTI (Unidade de Terapia Intenstiva) disponíveis e índices de distanciamento social.

 

Por Guilherme Simon

DC / NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo