Sobe para 219 o número de pacientes confirmados de coronavírus em SC

Estado divulgou relação de hospitais próprios para atendimento de casos graves da doença.

Enviar no WhatsApp
Sobe para 219 o número de pacientes confirmados de coronavírus em SC

Foto: Governo de SC/Divulgação

Em menos de 20 dias Santa Catarina ultrapassou a marca de 200 casos confirmados do novo coronavírus no estado. No final da tarde desta segunda-feira (30), o número de pacientes contaminados por Covid-19 foi atualizado, em coletiva de imprensa, pelo governador Carlos Moisés da Silva (PSL). São 219 em todo o território catarinense, 22 a mais em relação ao balanço divulgado no último domingo (29). Desses, 50 estão em Florianópolis.

Do total de casos confirmados, 20 pacientes estão internados em leitos de Unidade Intensiva de Tratamento (UTI). Em estado grave têm pacientes com idade entre 32 e 83 anos, o que "desmistifica a faixa-etária exclusiva de pessoas que precisam de ação mecânica para viver", esclareceu Moisés. Outros 160 adultos e 14 crianças ocupam leitos de hospital enquanto aguardam os resultados de exames.

Desde a confirmação do primeiro caso, no entanto, uma única morte por conta da doença havia sido registrada até o final da tarde desta segunda. O paciente tinha 86 anos e era morador de Porto Belo, no litoral catarinense. Os casos suspeitos sem baixa hospitalar deixaram de ser contabilizados desde que a transmissão comunitária foi identificada em todas as regiões de SC.

O governador iniciou sua fala, em transmissão ao vivo que durou mais de uma hora, reforçando os esforços de enfrentamento contra a doença em SC, especialmente através do isolamento social para não colapsar a rede de saúde:

- Nenhuma estrutura de saúde pública ou privada no mundo inteiro conseguiu enfrentar essa crise sem o isolamento social, que é um remédio amargo, a gente sabe, mas que tem sido a única maneira de enfrentar o coronavírus.

Também anunciou a ampliação em 118 novos leitos de UTI para o atendimento de pacientes em Santa Catarina, com o uso de R$ 78 milhões do governo Federal. Ele também informou a relação com cinco hospitais referência que já estão em funcionamento, um em cada região do estado, para atendimento de pessoas positivadas e com agravamento do quadro de saúde. Outras instituições de saúde estão em tratativas para aumentar a rede de referência no Estado.

 

Hospitais para casos graves de coronavírus em SC

Hospital de Florianópolis - na Grande Florianópolis

Hospital Regional de Araranguá - no Sul de SC

Hospital Teresinha Gaio Basso - em São Miguel do Oeste

Hospital Tereza Ramos - em Lages

Hospital São José de Joinville - no Norte de SC

Além desses, o Estado conta com outros 96 hospitais filantrópicos e que têm vínculo com o governo para operacionalização. Segundo Moisés, são 196 hospitais ao todo, que poderão realocar leitos, abrir novas alas e se tornarem referência ao atendimento do coronavírus. Estão disponíveis, atualmente, 800 leitos - neonatal, pediátrico e adulto -, em 56 hospitais de todas as regiões.

Segundo o secretário de Saúde, Helton Zeferino, se projeta novos 713 leitos disponíveis até maio, quando deve ocorrer pico do sistema, com base em estudos do Estado e com todas as regiões atendidas.

- Naquilo que o estado pode dar de resposta, vamos preservar as vidas. Alguns pacientes chegam em condição tão grave que apesar de todo o esforço não têm capacidade de reagir. Vamos trabalhar. Estamos aguardando receber recursos. Recebemos agora, recentemente, 135 mil máscaras, 600 óculos, 72 frascos de álcool, 270 caixas de luvas e 12.300 aventais enviadas pelo Ministério da Saúde. Ajuda, é importante. Mas para ter noção do consumo, isso é o que se utiliza durante um dia no Hospital Regional de São José - disse o secretário.

 

Cidades com casos confirmados em SC

casos de covid-19

(Foto: Governo de SC)

 

Por Clarissa Battistella e João Lucas Cardoso

DC / NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo