Receita entrega 50 respiradores que estavam retidos à Secretaria de Saúde de SC

Primeiro lote dos 200 respiradores comprados da China e que são alvo de investigação estava parado no aeroporto de Florianópolis.

Enviar no WhatsApp
Receita entrega 50 respiradores que estavam retidos à Secretaria de Saúde de SC

Carga estava parada no aeroporto desde o dia 14 (Foto: Divulgação)

Os primeiros 50 respiradores comprados pelo governo de Santa Catarina na negociação de R$ 33 milhões que é alvo de investigação foram, enfim, entregues à Secretaria de Saúde nesta quinta-feira (28). O lote estava parado no aeroporto de Florianópolis desde o dia 14, e havia sido retido pela Receita Federal na quinta-feira passada (21).

Os respiradores foram retidos pois as empresas responsáveis pela importação não apresentaram a documentação necessária e a autorização da Anvisa para o negócio. O prazo para a defesa das empresas, que foram contratadas pela Veigamed para fazer o serviço de importação e desembaraço, ainda não esgotou, mas a Receita Federal adiantou o processo e entregou os respiradores ao governo do Estado por se tratarem de equipamentos de saúde com uso urgente.

A carga foi levada nesta quinta ao depósito da Secretaria de Estado da Saúde, onde vai passar por análise de técnicos. Ainda não se sabe se os respiradores poderão ser usados em pacientes internados com covid-19.

O delegado da Receita Federal, Daltro José Cardozo, informou que agora "o Estado é dono da mercadoria", e ela não voltará mais para a empresa, que não poderá mais apresentar a declaração de importação desse lote. Isso não afeta a entrega dos outros 150 respiradores que fazem parte da compra e ainda não saíram da China.

A defesa da Veigamed informou que os trâmites da importação são feitos por outra empresa contratada e que o importante é a entrega dos respiradores ao Estado, que pagou pela mercadoria.

 

Por Lucas Paraizo

DC / NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo