Primeiro caso da variante Ômicron em SC é confirmado

Paciente é um homem de 66 anos, morador de Jaraguá do Sul.

Enviar no WhatsApp
Primeiro caso da variante Ômicron em SC é confirmado

Paciente é morador de Jaraguá do Sul, segundo a Dive (Foto: Fiocruz/Divulgação)

Santa Catarina confirmou nesta terça-feira (21) o primeiro caso importado da variante Ômicron, da Covid-19. O paciente é um homem de 66 anos, morador de Jaraguá do Sul, no Norte do Estado, que retornou de uma viagem da África do Sul no início deste mês.

egundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive/SC), ele apresentou os primeiros sintomas em 9 de dezembro e, então, começou período de 14 dias em isolamento. Ele estava com o esquema vacinal completo, e os sintomas foram leves.

O exame foi realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/SC) que encaminhou a amostra para realização de sequenciamento genômico no Laboratório de Referência Nacional para Santa Catarina, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Rio de Janeiro, conforme fluxo da vigilância genômica nacional.

Outros 56 casos da variante são investigados em Santa Catarina, em nove municípios: 

- Balneário Camboriú - um caso;

- Biguaçu - dois casos;

- Camboriú - um caso; 

- Florianópolis - 46 casos;

- Palhoça - dois casos;

- Canoinhas - um caso; 

- Santo Amaro da Imperatriz - um caso;

- São Francisco do Sul - um caso; 

- São José - um caso. 

De acordo com a Dive, 36 amostras foram encaminhadas na segunda-feira (20) para a Fiocruz, no Rio de Janeiro. Outras 20 serão encaminhadas para o Laboratório de Bioinformática da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), onde será feito o sequenciamento genômico e os municípios serão informados para realizarem o monitoramento.

O superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, explica que a variante Ômicron é de grande preocupação para a saúde dos catarinenses, considerando a sua característica de ter uma capacidade de transmissão maior do que as variantes já identificadas.

— Essa nova variante pode provocar uma interrupção na tendência de redução nos casos de Covid-19 em nosso Estado. Dados do Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos apontam que, em menos de uma semana, a variante Ômicron passou a ser responsável por 73% de todos os casos confirmados nos EUA. Estima-se que mais de 100 mil infecções ocorreram em um único dia em Nova Iorque, portanto essa nova variante não deve ser menosprezada — enfatiza. 

A variante Ômicron foi detectada pelo Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis da África do Sul (NICD) em novembro de 2021. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Ômicron é altamente transmissível e com grande número de mutações.

Sintomas da variante Ômicron da Covid-19

Cansaço extremo

- Mal-estar

- Dores Musculares

- Fadiga

- Dores de cabeça

 

Por Luana Amorim

AN / NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo