Voto auditável é defendido por setor produtivo em Santa Catarina

Enviar no WhatsApp

 

Em reunião nesta segunda-feira, o Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina, COFEM, manifestou-se a favor do voto auditável através de nota oficial. O Conselho é formado pelas federações da Indústria, FIESC, Agricultura, FAESC, do Comércio, Fecomércio, dos Transportes, Fetrancesc, além das Câmaras de Dirigentes Lojistas, FCDL, das Associações Empresariais FACISC, das Micro e Pequenas Empresas, Fampesc e Sebrae-SC.

Confira a nota na íntegra:

“O Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (COFEM) manifesta a importância de fortalecer a democracia, com poderes harmônicos e independentes.

O respeito à decisão popular é questão central neste sentido e, por isso, o setor produtivo de Santa Catarina considera que o voto deve ser livre e auditável, como forma de defesa da própria democracia”

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo