Mauro Mariani diz que vai votar em Henrique Meirelles

Enviar no WhatsApp
Mauro Mariani diz que vai votar em Henrique Meirelles

Candidato diz que vai respeitar eventuais divergências na coligação e na militância(Foto:Reprodução)

 

O candidato ao governo de Santa Catarina Mauro Mariani (MDB) afirmou nesta quinta-feira (27) que vai apoiar o candidato do partido dele à Presidência da República, Henrique Meirelles. O posicionamento foi divulgado em uma nota direcionada à imprensa e à militância da legenda.

Na nota, Mauro diz que Meirelles também é apoiado pelo diretório estadual do MDB. O candidato acredita que o ex-ministro da Fazenda representa "desejos de transformação e de construção de uma vida melhor". 

Apesar do posicionamento, Mariani afirma que vai respeitar os eventuais posicionamentos divergentes tanto na coligação, quanto em membros da militância do MDB.

Merisio vota em Bolsonaro

Também nesta quinta-feira, o candidato Gelson Merisio (PSD) declarou voto no candidato Jair Bolsonaro (PSL). A decisão de abrir o voto causou divergências na coligação. 

O Podemos, por exemplo, já indicou que pretende sair da chapa de Merisio. A legenda, que encabeça a chapa nacional liderada por Alvaro Dias, deve se reunir ainda nesta quinta-feira, para decidir se sairá da chapa.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) disse que, se protocolado, o pedido para sair da coligação será avaliado pelos juízes, mas informou que não tem como detalhar quais os possíveis desdobramentos disso.

Leia abaixo a íntegra da nota de Mauro Mariani

Posicionamento - Em resposta a perguntas da imprensa e da militância, o candidato ao Governo do Estado pela coligação Santa Catarina Quer Mais, Mauro Mariani, reafirma seu voto no candidato apoiado pelo MDB de Santa Catarina, Henrique Meirelles. Mauro acredita que os eleitores catarinenses percebem que esta não é uma eleição de nomes, mas uma eleição de desejos de transformação e de construção de uma vida melhor.  Mariani vê tais iniciativas como oportunistas e que revelam traços ligados à representantes da velha política dos caciques que querem influenciar o eleitor. O candidato do MDB do Governo do Estado reafirma que respeita a decisão individual de cada integrante da coligação e da militância. E sobretudo agradece com humildade a atenção de todos os catarinenses às propostas e a forma como tem sido recebidas por todos. Assim, Mauro garante que a campanha manterá a linha de apresentar propostas e soluções para as demandas do Estado e do povo catarinense.

 

Por Samuel Nunes

Diário Catarinense

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo