Governo de SC prorroga decreto de calamidade pública por conta do coronavírus

Enviar no WhatsApp

 

O governo de Santa Catarina prorrogou o estado de calamidade pública por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus. A decisão prevê que a condição se estenda até 31 de outubro de 2021. O texto foi assinado pelo governador Carlos Moisés (PSL) e publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) na sexta-feira (25).

Publicado pela primeira vez em 17 de abril, o decreto 562/2020 estabelece diretrizes de enfrentamento do novo coronavírus. O documento definiu, por exemplo, o Centro de Operações e Emergências em Saúde (Coes) como órgão de coordenação técnica.

Desde o início da pandemia até o domingo (27), o estado registrou 16.706 mortos pela Covid-19. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), foram adicionados 33 óbitos causados pela doença nas últimas 24 horas. O total de infectados chegou a 1.046.141.

A ocupação de leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto pelo SUS está em 92,82% e 27 pacientes com a doença esperam por vagas em UTIs. Mais de 21,1 mil pessoas estão em tratamento contra a doença e podem transmitir o vírus.

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo