Eleições 2018: confira quem são os candidatos ao governo de Santa Catarina

Enviar no WhatsApp
Eleições 2018: confira quem são os candidatos ao governo de Santa Catarina

Foto: Montagem / Montagem

 

Santa Catarina tem oito candidatos confirmados ao governo do Estado a aproximadamente  dois meses para as Eleições 2018. O prazo para realização das convenções que formalizam as candidaturas terminou no domingo, dia 5 de agosto. Confira quem são, em ordem alfabética:

 

Ângelo Castro - PCO

O candidato ao governo do Estado pelo Partido da Causa Operária disse que aguarda instruções da sigla para falar com a reportagem.

 

Carlos Moises da Silva - PSL

Neste sábado, o PSL homologou a candidatura do comandante Carlos Moisés da Silva para o governo do Estado. A vice será a advogada Daniela Reinehr

Foto: Divulgação / PSL

Carlos Moises da Silva é advogado e natural de Florianópolis. Bombeiro militar da reserva, atuou como comandante do batalhão de Tubarão, município do Sul do Estado, por 18 anos. Além da carreira no Corpo de Bombeiros, ele foi coordenador da Defesa Civil entre 2012 e 2014 e assessor dos Bombeiros na Secretaria de Justiça e Cidadania entre 2014 e 2016. Participa da disputa de cargos eletivos pela primeira vez. 

 

Décio Lima -PT

O deputado federal Décio Lima foi oficializado candidato ao Governo de Santa Catarina após convenção estadual do Partido dos Trabalhadores (PT). A sigla não definiu aliança com nenhum outro partido, da mesma forma que também deixou em aberto a vaga de vice-governador ¿ a qual, de acordo com o diretório, deve ser preenchida e anunciada na próxima segunda-feira.

Foto: PT-SC / Divulgação

Apesar de ter nascido em Itajaí, começou a sua carreira política em Blumenau. Foi eleito vereador em 1992 e venceu a disputa para a Prefeitura da cidade em 1996, reelegendo-se quatro anos mais tarde. Após deixar o cargo, atuou como superintendente do Porto de Itajaí. Em 2007 se candidatou para o cargo de deputado federal, conseguindo novos mandatos para o cargo em 2011 e 2015. Aos 57, disputa pela primeira vez o governo do Estado.

 

Gelson Merisio – PSD-PP-PSB-PDT, PCdoB e outros 12 partidos 

gelson merisio, presidente da alesc

Foto: Luis Gustavo Debiasi / Agência AL

Natural de Xaxim, no Oeste do Estado, Merisio mudou-se ainda jovem para Xanxerê, onde foi eleito para vereador em 1988. Depois, foi presidente da Facisc e diretor financeiro da Casan. Também atuou como secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, secretário de Agricultura e chefe da Casa Civil. Assumiu o cargo de deputado estadual como suplente em 2005 e reelegeu-se para a função nos três pleitos seguintes.

 

Ingrid Assis – PSTU 

Ingrid Assis, candidata do PSTU para o governo de Santa Catarina

Foto: Divulgação / Divulgação

Ingrid Assis tem 30 anos e nasceu no Amazonas. Morando há 12 anos em Santa Catarina, ela trabalha como professora e atua também dirigente sindical no Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sinte) de São José, na Grande Florianópolis. É a única mulher candidata ao governo catarinense nessas eleições.

 

Leonel Camasão – PSOL 

leonel camasão, de joinville, foi oficializado candidato do psol ao governo do estado nas eleições 2018

Foto: Hermínio Nunes / Divulgação

O jornalista Leonel Camasão tem 31 anos e participou de movimentos pela redução das tarifas de ônibus. Ingressou no PSOL em dezembro de 2008. Foi candidato a deputado federal em 2010, concorreu à Prefeitura de Joinville em 2012 e a deputado estadual em 2014. Foi presidente estadual do PSOL em 2013 e, atualmente, é presidente do PSOL de Florianópolis. 

 

Mauro Mariani – PMDB-PSDB-PR-PPS e outros 5 partidos 

mauro mariano é oficializado candidato ao governo de santa catarina pelo pmdb

Foto: PMDB / Divulgação

Mauro Mariani será candidato a governador pela primeira vez. Debutou na política como prefeito de Rio Negrinho, no planalto norte, em 1996, se reelegendo em 2000. Conquistou uma vaga de deputado na Alesc em 2002. No pleito seguinte, conseguiu a primeira das três eleições para o cargo de deputado federal, cargo que ainda ocupa. Também ocupou o cargo de secretário de Estado da Infraestrutura.

 

Rogério Portanova – Rede 

Rogério Portanova é o candidato a governador da Rede em SC para as eleições de 2018

Foto: Leonardo Rizzaro / Divulgação

O candidato foi um dos fundadores do Partido Verde (PV) no Brasil, presidindo a sigla em Santa Catarina. Atuou como presidente da Fatma em 2004 e 2005 e como presidente da Fapesc em 2005 e 2006. Exerceu por seis anos o cargo de conselheiro federal da OAB e desde 2016 é o coordenador de Gestão Ambiental na UFSC em Florianópolis. Será o primeiro candidato a governador da Rede Sustentabilidade em Santa Catarina. 

 

Como ocorreram as escolhas

A definição das chapas dos candidatos ao governo do Estado foi concluída apenas em 5 de agosto, prazo final para realizar as convenções partidárias. O primeiro a ser oficializado, em 20 de julho, foi Rogério Portanova, da Rede Sustentabilidade. 

Em 21 de julho, representantes de 11 partidos políticos confirmaram o deputado estadual Gelson Merisio (PSD) na disputa pelo cargo. Já no dia 28 de julho, o deputado federal Esperidião Amin (PP) foi oficializado candidato ao governo. Mas em 5 de agosto, o PSD  e o PP fecharam um acordo para ter  chapa majoritária com Gelson Merisio como candidato ao governo.

No dia 29 de julho, o senador Paulo Bauer (PSDB) foi oficializado como candidato ao governo catarinense. Mas também em 5 de agosto, PSDB e MDB fecharam coligação. Assim, Bauer passou a apoiar a candidatura do deputado federal Mauro Mariani,confirmado no sábado, dia 4 de agosto, como o candidato do MDB ao governo do Estado. 

Outros postulante ao cargo também foram definidos no último fim de semana das convenções. Leonel Camasão (PSOL), foi oficializado na disputa no sábado, dia 4 de agosto. Já no domingo, dia 5, Décio Lima foi oficializado pelo PT como candidato ao governo.  O PSL homologou a candidatura do comandante Carlos Moisés da Silva para o cargo. Enquanto Ângelo Castro foi confirmado pelo PCO horas antes do fim do prazo.

Data do primeiro turno

O primeiro turno da eleição ocorre dia 7 de outubro em todo o Brasil. Serão escolhidos presidente da República e vice, senadores, deputados federais, governador do Estado e vice e deputados estaduais. 

 

Por Diário Catarinense

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo