Após exoneração, ex-secretário da Casa Civil publica nota nas redes sociais

Enviar no WhatsApp
Após exoneração, ex-secretário da Casa Civil publica nota nas redes sociais

Ex-secretário da Casa Civil Amandio João da Silva Junior – Foto: Cristiano Estrela/Secom/Divulgação

 

Em nota publicada nas redes sociais após a exoneração, Amandio João da
Silva Junior disse que decidiu pedir exoneração por apelo da família e que o ato não tem relação com a convocação dele para prestar esclarecimentos na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos Respiradores.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado na noite desta sexta-feira (26). Amandio, que ficou 47 dias na função, é o terceiro nome do alto escalão do governo de Carlos Moisés (PSL) a cair após a deflagração da Operação Oxigênio, que investiga possível fraude na compra de 200 respiradores com a Veigamed. Helton Zeferino deixou o governo em 30 de abril e Douglas Borba foi exonerado do cargo de secretário da Casa Civil em 10 de maio.

Na publicação, Amandio disse que sua família é seu alicerce e o motivo de sua caminhada e que eles “entendem que não devo seguir por uma estrada de tanta exposição e que tenta a todo tempo macular reputações. Não fujo de meus compromissos e não temo nada, pois sempre agi com lisura antes, durante e depois da passagem pelo Estado”, afirma ele.

O ex-secretário diz que sempre agiu “dentro das regras, normas e leis”. Ele afirma que até “instituições seríssimas” que presidiu acabam sendo atacadas injustamente simplesmente por interesses políticos e pelo cargo que até então ele exercia. “E isso eu não posso aceitar. Deste jeito o país e os Estados que estão absurdamente tensionados não conseguirão vencer os enormes desafios”.

Amandio encerra a nota reportando respeito ao governador Carlos Moisés, colegas, Poderes, Alesc, MPSC, TCE e TJSC.

 

Por REDAÇÃO ND, FLORIANÓPOLIS

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo