Suspeito de violar medida protetiva e tentar esganar ex-mulher é preso em Bom Retiro

Filho adolescente do ex-casal separou os dois durante briga, diz polícia. Homem foi preso nesta quarta-feira após ir à delegacia prestar depoimento.

Enviar no WhatsApp

 

Um homem de 35 anos foi preso nesta quarta-feira (28) em Bom Retiro, na Serra, suspeito de violar uma medida protetiva e tentar matar a ex-mulher, informou a Polícia Civil. O filho de 15 anos do ex-casal precisou separá-los durante uma briga. O homem foi preso após ir à delegacia prestar depoimento sobre o ocorrido.

A tentativa de feminicídio ocorreu por volta das 7h30 de 13 de agosto, segundo o delegado Ricardo Guedes. "Ela tinha uma medida protetiva contra ele. Ele descumpriu, entrou na casa e começou uma briga", relatou.

A mulher, de 33 anos, mora na residência, localizada no Centro, com os dois filhos, de 15 anos e uma menina de 5. O pai deles é o suspeito. Ele e a vítima foram casados por 16 anos.

"Ele a pega pelo pescoço, tenta esganá-las e diz que vai matá-la. Ela berra e o filho do casal aparta os dois", continuou o delegado. De acordo com Guedes, o laudo do exame de corpo de delito comprova as agressões. "Depois ela [vítima] berrou tão alto que a vizinha ouviu, ligou para a polícia e ele [suspeito] fugiu", disse o delegado.

 

Prisão

Após o ocorrido, a Polícia Civil recebeu informações de que o homem estaria em Palhoça, na Grande Florianópolis. Os policiais foram até a cidade, mas não o encontraram. O delegado pediu a prisão preventiva do suspeito, que foi dada pela Justiça.

Nesta quarta, o homem entrou em contato com a Delegacia de Polícia de Bom Retiro para prestar depoimento. "Ele confessou que violou a medida protetiva, confessou que brigaram, mas negou a ameaça", disse o delegado. Como ele estava com mandado de prisão em aberto, foi encaminhado ao sistema prisional em Lages, também na Serra.

 

Por G1SC

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo