Polícia Civil investiga vereadores de Governador Celso Ramos suspeitos de fraude em diárias de cursos

Operação apura também envolvimento de ex-vereadores e cumpre mandados de busca e apreensão em residências e na Câmara de Vereadores do município

Enviar no WhatsApp
Polícia Civil investiga vereadores de Governador Celso Ramos suspeitos de fraude em diárias de cursos

Polícia Civil de Santa Catarina

Uma investigação apura uma suposta fraude em diárias de cursos contratados por vereadores e ex-vereadores de Governador Celso Ramos. Três mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos na manhã desta terça-feira (2) em residências, um na Câmara de Vereadores do município e outro em Curitiba (PR).

Ao todo, 17 pessoas estão sendo investigadas pela Polícia Civil na operação, intitulada Salário Extra. Cerca de R$450 mil teriam sido pagos nesses cursos, em um período de seis anos.

Um empresário de Curitiba está sendo investigado na ação. A residência do suspeito, localizada na capital paranaense, está sendo alvo de um mandado de busca e apreensão. O nome dos envolvidos não foi divulgado pela Polícia Civil. Não há mandados de prisão.

Por NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo