Polícia aguarda decisão judicial para transferir para SC suspeito de matar companheira e bebê

Enviar no WhatsApp
Polícia aguarda decisão judicial para transferir para SC suspeito de matar companheira e bebê

Imagem Ilustrativa (Reprodução Internet)

 

O suspeito de matar a companheira e o filho de apenas três meses em Blumenau, Kelber Henrique Pereira, será transferido para Santa Catarina assim que a Justiça autorizar a solicitação da Polícia Civil. Ele foi preso no estado de São Paulo na noite de terça-feira (26).

Segundo o delegado Ronnie Esteves, a polícia aguarda a decisão judicial para intimar o Departamento de Administração Prisional de Santa Catarina (Deap), que deve realizar o transporte de Kelber.

— Até hoje, quinta-feira (28), devemos ter uma posição. Assim que tivermos a decisão, vamos fazer a transferência — afirmou Esteves.

O homem de 28 anos será levado direto para o presídio de Blumenau. Ele deve conversar com o delegado e prestar esclarecimentos.

Na audiência de custódia, nesta quarta-feira (27), o Tribunal de Justiça de São Paulo manteve a prisão temporária do suspeito e entendeu que os procedimentos aconteceram de forma regular.

Kelber desapareceu após o assassinato de Jéssica Mayara Ballock, de 23 anos, e do bebê Théo Pereira dentro do apartamento onde a família morava, no bairro Velha, em Blumenau.

Apontado como principal suspeito, o homem teve a prisão preventiva decretada já no dia em que os corpos foram encontrados. Dias depois, ele foi localizado em Paulínia, no interior de São Paulo.

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo