Dois catarinenses são presos suspeitos de planejar sequestro de empresários de SP

As quatro vítimas foram atraídas ao Rio Grande do Sul para tratar de um negócio que na verdade era inexistente.

Enviar no WhatsApp
Dois catarinenses são presos suspeitos de planejar sequestro de empresários de SP

Foto: Polícia Civil/Divulgação

 

Na última segunda-feira, 29, a Polícia Civil do Rio Grande do Sul prendeu dois catarinenses suspeitos de integrarem uma organização criminosa que planejava o sequestro de quatro empresários paulistas, atraídos propositalmente ao Estado gaúcho.

Ambos são de cidades do Vale do Itajaí. Um deles, de 56 anos, é natural de Presidente Getúlio. O outro, de 40 anos, de Rio do Sul, e tinha cinco mandados de prisão contra ele em aberto. Ambos têm antecedentes criminais.

Segundo informações das autoridades policiais, os homens se passavam por vendedores e tinham encontro marcado com os empresários para comercializar uma compra de calças jeans que na verdade não existiam os produtos. Quando o quarteto desembarcou em Porto Alegre foi abordado pela polícia, que os avisou sobre o golpe. Depois, policiais começaram a seguir as orientações dos suspeitos e foram até o local de encontro.

Esta foi uma das fases da Operação Kick, que tem como um dos objetivos evitar a prática de crime de extorsão mediante sequestro. De acordo com investigações recentes, a organização criminosa que planejou o crime é a mesma que havia sido responsável por um caso semelhante ocorrido no início de 2019. A Polícia Civil dará continuidade às investigações.

 

Por Redação NSC

NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo