Ataque de abelhas pode ter causado morte de idoso

Segundo informações, o idoso não usava proteção adequada para prevenir as picadas no momento do ataque.

Enviar no WhatsApp

 

Um apicultor de 84 anos foi morto após ser atacado por um enxame de abelhas em Curitibanos, no Meio-Oeste de Santa Catarina. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 16h30 de quinta-feira (21) para prestar socorro. O idoso cultivava as abelhas em 23 caixas do terreno de um conhecido e não usava proteção adequada para prevenir as picadas no momento do ataque, segundo a ocorrência.

Conforme o Sargento do 2° Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Julio César Figueiredo, a proteção da vítima consistia em um chapéu com uma tela simples. Conforme o relato, um senhor, que todos os dias dava carona ao idoso, foi até o local e o viu caído no chão cercado de abelhas.

Para fugir do enxame, ele correu para os vizinhos, de onde pediu socorro.

Como a ocorrência foi registrada como mal súbito, a princípio, os socorristas não chegaram ali protegidos. Mas eles tinham roupa de proteção no veículo, então quando viram o enxame, fecharam novamente a porta da ambulância e se protegeram para resgatar o homem — detalha o sargento.

De acordo com o oficial, após identificarem que o idoso não tinha mais sinais vitais, os socorristas chamaram apoio para proteger o corpo do apicultor. Segundo o sargento, ele possuía inúmeras picadas no rosto e na cabeça.

O primeiro foco foi preservar o corpo, então procuramos afastá-lo a uma distância segura, e mesmo assim, eram muitas abelhas. Não é possível identificar a causa da morte antes da perícia, mas pela quantia de picadas, é provável que ele tenha morrido de choque anafilático fala Figueiredo.

 

Por NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo