Justiça decide que ex-deputado João Pizzolatti irá a júri popular

Juiz determinou ainda que o ex-parlamentar não poderá aguardar o julgamento em liberdade.

Enviar no WhatsApp
Justiça decide que ex-deputado João Pizzolatti irá a júri popular

João Pizzolatti quando foi preso em maio deste ano(Foto: Patrick Rodrigues, BD)

 

A Justiça determinou nesta quinta-feira(3) que o ex-deputado federal João Alberto Pizzolatti, que se envolveu em um acidente em dezembro de 2017 que deixou um jovem com ferimentos graves, irá a júri popular.

A decisão foi proferida pelo juiz da 1ª Vara Criminal da Comarca de Blumenau, Juliano Rafael Bogo. O magistrado ainda determinou que o ex-parlamentar não poderá aguardar o julgamento em liberdade.

?Pizzolatti está detido no Presídio Regional de Blumenau desde maio deste ano. O juiz afirmou que o ex-deputado responderá pelo crime de homicídio qualificado tentado.

Segundo consta no processo, Pizzolatti afirmou ter bebido logo depois do acidente. A batida provocou queimaduras de 1º e 3º grau no jovem que conduzia o carro que foi atingido pelo ex-deputado.

Além disso, testemunhas relataram que o ex-deputado transitava em ziguezague pela pista antes da colisão, a Rodovia SC-421, entre Blumenau e Pomerode.

O júri popular ainda não tem data para acontecer. A decisão desta quinta-feira ainda cabe recurso.

Pizzolatti estava em liberdade desde o dia do acidente, mas foi preso depois de descumprir uma medida cautelar, quando foi flagrado dirigindo na cidade de Rio dos Cedros.

 

Por Redação Santa

NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo