Homem que abusava da neta em SC é condenado a 18 anos de prisão

Abusos teriam começado quando a menina tinha cinco anos de idade, e duraram até os 14.

Enviar no WhatsApp
Homem que abusava da neta em SC é condenado a 18 anos de prisão

Menina denunciou os abusos aos familiares (Foto: Salmo Duarte / Arquivo NSC)

Um homem que abusou da neta por quase nove anos em Santa Catarina foi condenado a 18 anos e oito meses de prisão. A decisão é do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que em segundo grau manteve a condenação do homem, que havia recorrido da decisão. Inicialmente a pena prevista era de 37 anos de prisão.

O caso ocorreu em Lebon Régis, no Meio-Oeste catarinense. Conforme o Ministério Público de SC, o homem é pai da madrasta da menina. Ele convivia como avô desde os dois anos de idade da vítima, e os abusos teriam começado quando a menina tinha cinco anos. Conforme o MP, ele se aproveitava de momentos em que ficava sozinho em casa com a criança.

Os abusos teriam ocorrido até 2019, quando a menina estava com 14 anos e contou aos familiares pela primeira vez sobre os abusos que sofria.

O homem já está preso no Presídio Regional de Caçador, e ainda responde a outros processos em aberto. Segundo a promotora Luciana Leal Musa, ele é investigado por estupros que teria cometido contra a própria esposa e a filha.

 

Por Lucas Paraizo

DC / NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo