Estiagem segue afetando cidades de SC mesmo após chuva

Entre as 15 estações hidrológicas em condição de estiagem em Santa Catarina, oito estão em situação de emergência.

Enviar no WhatsApp
Estiagem segue afetando cidades de SC mesmo após chuva

Efeitos da estiagem em Chapecó, no Oeste catarinense (Foto: Paulo Dall Bello, NSC TV)

 

A chuva registrada nas últimas horas foi insuficiente para reverter a situação de estiagem que afeta pelo menos quatro regiões de Santa Catarina. Conforme boletim hidrológico da Epagri/Ciram divulgado na manhã desta terça-feira (14), 15 estações hidrológicas permanecem em condição de estiagem no Estado.

De acordo com Guilherme Miranda, pesquisador de hidrologia da Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições do tempo em Santa Catarina, as regiões mais afetadas pela falta de chuva no momento são Oeste, Planalto Sul, Planalto Norte e Alto Vale do Itajaí.

— Nas últimas horas houve volumes de chuva um pouco maiores, mas eles ficaram restritos a cidades do Extremo Oeste catarinense, e ainda assim ficaram muito aquém do necessário para reverter o quadro de estiagem na própria região, além do Estado — comentou Guilherme.

Entre as 15 estações hidrológicas em condição de estiagem em Santa Catarina, oito estão em situação de emergência. Elas ficam nas cidades de Alfredo Wagner, Otacílio Costa, Chapadão do Lageado, São João Batista, São Martinho, Coronel Freitas, Joaçaba e Rio das Antas.

Embora os volumes de chuva das últimas 12 horas tenham sido consideráveis em cidades como Itapiranga (55 mm), Palmitos (48 mm), Mondaí (44 mm), Campo Erê (44 mm) e Galvão (43 mm) – as cinco onde mais choveu, todas no Extremo Oeste, a previsão indica que eles não devem se repetir nos próximo dias.

 

Por Guilherme Simon

DC / NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo