Chuva e vento com ciclone em SC causam deslizamentos, alagamentos e estragos

Prejuízos foram registrados em cidades da Grande Florianópolis, Sul, Vale e Norte.

Enviar no WhatsApp
Chuva e vento com ciclone em SC causam deslizamentos, alagamentos e estragos

Divulgação/Cobom Criciúma

 

A chuva intensa e a ventania que atingem Santa Catarina provocaram deslizamentos, alagamentos de ruas e queda de muros nas últimas horas. O mau tempo ocorre por influência de um ciclone que se desloca sobre o mar no Sul do país.

Até esta publicação não havia registro de pessoas feridas. Prejuízos foram registrados em cidades da Grande Florianópolis, Sul, Vale, Norte e Serra.

Em Timbó, por exemplo, bombeiros foram acionados após queda de um muro. Já em Criciúma, ao menos 30 famílias foram retiradas de casa, com auxílio da Defesa Civil, devido às chuvas. Há pontos de alagamentos em seis bairros do município. 

Também no Sul, mas em Jaguaruna, as aulas da rede municipal foram canceladas nesta quarta-feira por conta da chuva. Na Serra catarinense, em Lages, houve a queda parcia de um muro no bairro Sagrado Coração de Jesus. 

Ventos fortes registraram estragos no Litoral Norte do Estado. Em Porto Belo, houve destelhamento em alguns pontos do município. Já em Balneário Piçarras, o portal na entrada caiu por conta da chuva. 

O temporal também provocou danos na rede elétrica. Segundo a Celesc, mais de 159 mil unidades consumidoras em todo o Estado estavam sem luz por volta das 8h30min.

A Defesa Civil Estadual contabiliza o número de ocorrências e um boletim deve ser divulgado ao longo do dia. 

Mais de 200 mm de chuva 

De acordo com a Defesa Civil, só nos últimos três dias, Praia Grande, no Sul do Estado, registrou um acumulado de 210.8 mm de chuva. Nova Veneza e Morro da Fumaça também tiveram um acumuladdo de mais de 200 mm de chuva. (veja a lista abaixo)

Em mensagem por volta das 7h, a Defesa Civil fez alerta para os fortes ventos na direção Sul em SC. As rajadas se aproximam dos 90 km/h. O aviso vale, pelo menos, pelas próximas cinco horas. 

O órgão alerta ainda para a possibilidade de chuva volumosa e intensa durante esta quarta-feira, principalmente nas regiões do Planalto Norte, Litoral Norte, Baixo e Médio Vale do Itajaí e Grande Florianópolis. 

Ainda conforme a Defesa Civil, há alerta máximo para o risco de deslizamentos em Nova Veneza e Florianópolis. Mais de 50 cidades também estão em alerta para possibilidade de ocorrências por conta das chuvas. 

Em caso de ocorrências, a população pode procurar o órgão pelo telefone 199 ou o Corpo de Bombeiros pelo 193.

Confira os maiores acumulados de chuva em SC nos últimos três dias:

?

  • Praia Grande: 210.8
  • Nova Veneza: 208.2
  • Morro da Fumaça: 201.2
  • Florianópolis: 198.7
  • Schroeder: 195.4
  • Sombrio: 187.0
  • Balneário Gaivota: 183.4
  • Ermo: 179.8
  • Joinville: 178.4
  • Meleiro: 173.0
  • Tubarão: 170.8
  • Araranguá: 168.8
  • Criciúma: 167.2
  • Imbituba: 166.0
  • Corupá: 156.6
  • Bombinhas: 150.2
  • Gravatal: 149.6
  • Santa Rosa do Sul: 148.8
  • Urussanga: 148.4
  • Governador Celso Ramos: 146.0

 

Por Catarina Duarte - NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo