Processo que pode cassar o mandato do prefeito de Bom Retiro é aberto

Processo que pode cassar o mandato do prefeito de Bom Retiro é aberto

O prefeito (dir.), Vilmar Neckel, ao lado do vice, Everaldo Capistrano da Cunha (Foto: Divulgação)

 

Vereadores de Bom Retiro abriram uma Comissão Processante que pode levar a cassação do prefeito eleito na cidade, Vilmar José Neckel (PP). O político está afastado do cargo desde o dia 26 de agosto.

A decisão do Tribunal de Justiça do estado foi motivada pela denúncia de que Neckel estaria usando um veículo da saúde para uso particular. O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas flagrou o político com o carro na padaria, em bancos e usando no fim de semana.

Ele foi afastado da prefeitura por até seis meses. Entretanto, a comissão Processante pode o afastar por definitivo da função. A comissão processante é formada por Fernanda Rosa Gorges (Presidente), Lucia de Fátima Boiera Machado Scotti (Relatora) e Orly de Souza. Os vereadores têm até 90 dias para analisar a denúncia e apresentar parecer para votação em plenário.

O prefeito afastado disse que aguarda a decisão de uma liminar no Tribunal de Justiça do estado para retornar o cargo. Ele disse que está sofrendo perseguição política, mas acredita que tudo deve ser esclarecido.

 

Por Eduarda Demeneck

NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE