Em Joinville, governador diz que volta de aulas e transporte será avaliada por regiões de SC

Carlos Moisés recebeu pedido de retorno das atividades de prefeitos e empresários.

Em Joinville, governador diz que volta de aulas e transporte será avaliada por regiões de SC

Governador em reunião na ACIJ, em Joinville (Foto: Carlos Junior, ACIJ)

 

O governador Carlos Moisés da Silva se reuniu com prefeitos e empresários da região Norte de Santa Catarina durante a manhã desta quarta-feira (27) na Associação Empresarial de Joinville (ACIJ). Uma das reivindicações foi o retorno do transporte coletivo e das aulas presenciais na educação infantil, que atualmente estão com restrições em razão da pandemia do coronavírus.

Moisés não apresentou nenhuma data para o retorno das atividades que ainda se mantêm suspensas e disse que a retomada será avaliada a partir de uma nova metodologia que passará a ser utilizada a partir de segunda-feira (1).

Os secretários municipais já estão sendo treinados durante esta semana para utilizar a nova ferramenta, que possibilitará tomadas de decisão regionalizadas ou até mesmo por municípios.

Segundo o governador, a ferramenta contém dados de contágio, taxa de transmissibilidade, número de óbitos, mas também leva em consideração a disponibilidade de leitos, o tipo de curva que se apresenta e outros dados. Com isso, são feitas leituras diárias baseadas nos sete dias anteriores e os 14 dias seguintes para fazer uma projeção a partir desses números.

- Cada região do Estado poderá ter uma gestão dissociada do todo. Não há mais um decreto estadual e cada região poderá avaliar os números para saber se é seguro voltar o transporte coletivo ou até outras atividades que ainda estão suspensas - explicou Carlos Moisés.

O governador afirmou que a tomada de decisões agora será conjunta entre o governo estadual e os municípios. No entanto, mesmo que uma região libere alguma atividade, como transporte coletivo, aulas presenciais ou reuniões de público, ela poderá ser restringida novamente ao longo da pandemia.

- Tem regiões em que provavelmente vamos ter que restringir as atividades de novo para proteger as pessoas e a vida. Os estudos nos apresentam que nos próximos dias vamos ter o avanço de número de casos em Santa Catarina e isso também está previsto na metodologia - afirmou.

 

Reunião aconteceu na manhã desta quarta-feira

Reunião aconteceu na manhã desta quarta-feira (Foto: Carlos Junior, ACIJ)

 

Entrega de respiradores para Joinville

Durante a visita do governador pela cidade, houve ainda a entrega de dez respiradores para o Hospital Municipal São José, de Joinville. Eles estão entre os 100 primeiros aparelhos entregues pela WEG, de Jaraguá do Sul, dos 500 respiradores comprados pelo Estado.

O governador afirmou que recebeu a informação de que o número de respiradores chega a 20 porque houve uma iniciativa local da cidade em adquirir mais dez. Segundo ele, o objetivo do governo estadual é alcançar a meta de três leitos por 10 mil habitantes para que se tenha a segurança de atender os pacientes que precisam de respiração mecânica.

De acordo com Moisés, este é o número que tem sido usado em diversas regiões do mundo, principalmente na Europa, por países que não tiveram os sistemas de saúde colapsados.

 

Por Hassan Farias

AN / NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE