Sequestrador armado que fazia reféns dentro de ônibus na Ponte Rio-Niterói é morto por atirador de elite

Enviar no WhatsApp
Sequestrador armado que fazia reféns dentro de ônibus na Ponte Rio-Niterói é morto por atirador de elite

Foto: reprodução / TV Globo

 

O sequestrador que fazia reféns em um ônibus na Ponte Rio-Niterói, no Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira (20), foi morto pela Polícia Militar. Por volta das 9h, o sequestrador foi baleado em uma das pernas por um atirador de elite. As informações são do G1.

O sequestro começou por volta das 5h30min, quando o homem armado mandou o motorista encostar e parar na ponte e deu ordem para que o ônibus — da empresa Galo Branco — fosse atravessado na subida do vão central da travessia. O tráfego nos dois sentidos da travessia foi interditado devido à ocorrência.

Pela manhã, quatro mulheres e dois homens foram libertados pelo sequestrador que, segundo a polícia, estaria ameaçando atear fogo ao veículo.

À GloboNews, a porta-voz da PRF, Sheila Sena, informou que o sequestrador se identificou com sendo policial militar, mas essa informação não foi confirmada. Ela disse ainda que não se sabe o motivo para que o homem tenha rendido motorista e passageiros do coletivo e que agentes seguem em negociação para liberação dos reféns — são ao menos 16 que seguem no local.

Além de um revólver, o sequestrador teria ainda uma arma não-letal, do tipo taser, uma faca e um galão de gasolina.

 

Por GaúchaZH

NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo