Presidente da Câmara de Vereadores de Rio do Sul e dois empresários são alvo de busca e apreensão em operação autorizada pelo STF

Agentes da Polícia Federal apreenderam celulares e aparelhos eletrônicos

Enviar no WhatsApp
Presidente da Câmara de Vereadores de Rio do Sul e dois empresários são alvo de busca e apreensão  em operação autorizada pelo STF

Foto: Reprodução Internet

 

A Polícia Federal cumpre 15 mandados de busca e apreensão nesta quinta-feira (15) em Santa Catarina contra apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) suspeitos de organizar atos antidemocráticos no país. A operação foi autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). 

Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Rio do Sul, Saudades, São Miguel do Oeste, Canoinhas e Descanso. 

Em Rio do Sul, os agentes cumpriram mandados expedidos contra dois empresários, Jonas Strelow e Gilberto Finardi e ainda o Presidente da Câmara de Vereadores Thyago Melo. Eles tiveram celulares e aparelhos eletrônicos recolhidos pelos agentes 

No país, são mais de 100 mandados de prisão, busca e apreensão. Também foram autorizados bloqueio de contas dos investigados e quebra do sigilo bancário. Policiais também fazem ações no Acre, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Distrito Federal.

 

Por Sintonia FM com informações da Polícia Federal

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo