Jorginho Mello comenta reunião com Lula em Brasília ‘Momento exige cautela, ponderação e diálogo’

Encontro foi convocado pelo presidente após invasão as sedes dos Três Poderes no DF

Enviar no WhatsApp
Jorginho Mello comenta reunião com Lula em Brasília ‘Momento exige cautela, ponderação e diálogo’

Governadores condenam atos antidemocráticos - Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

 

Depois de anunciar que iria participar da reunião convocada pelo Presidente Lula, divulgar nota diziendo que não participaria; por fim, Jorginho Mello, governador de Santa Catarina, se juntou aos governadores do Brasil e marcou presença no encontro que também teve a participação de chefes dos Poderes, em Brasília (DF). A reunião, realizada na noite de segunda-feira (9), tinha como pauta as invasões ao Planalto, Congresso e STF (Supremo Tribunal Federal), no domingo (8).

“Foi uma reunião relativamente curta, mas simbólica do ponto de vista de união da nossa Federação. Santa Catarina se fez presente porque o momento exige, para além das diferenças políticas, muita cautela, ponderação e diálogo”, disse o governador.

Jorginho Mello viajou a Brasília, onde se reuniu com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com os presidentes presidentes da Câmara dos Deputados, Artur Lira, e do Senado, Veneziano Vital do Rêgo (em exercício). Também estava presente a presidente do STF, Rosa Weber e outros 26 governadores.

O chefe do executivo estadual destacou que Santa Catarina é um estado de gente séria, trabalhadora e pacífica. “Irei representar nosso estado e nossa gente defendendo nossos princípios onde quer que seja, em qualquer circunstância, pois fui eleito para isso”, acrescentou.

 

Com informações Redação ND Florianópolis

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo