Empresários do turismo de SC vão pedir volta do horário de verão a Bolsonaro

Enviar no WhatsApp

 

Entidades ligadas ao turismo de Santa Catarina, Paraná e Bahia preparam um pedido ao presidente Jair Bolsonaro: eles defendem a volta do horário de verão. O movimento é capitaneado pelo paranaense Fábio Aguayo, diretor da Confederação Nacional do Turismo (CNTur). A entidade engloba federações do setor como a Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de Santa Catarina (FHORESC), uma das que apoia o documento que será enviado a Bolsonaro.

O presidente da FHORESC, Estanislau Bresolin, afirma que a ideia do setor é incentivar o turismo com o horário de verão, principalmente nos locais de praia de SC. Essa será a principal defesa das entidades no ofício encaminhado ao presidente da República. O argumento serve de base, inclusive, para a retomada do setor atingido pela pandemia.

Em 2019, Bolsonaro terminou com o horário de verão no seu primeiro ano de governo sob a justificativa de que a economia era pequena diante dos efeitos ao relógio biológico da população. No ano passado, o país também seguiu a mesma linha, sem a necessidade de que os relógios fossem adiantados em uma hora.

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo