Avião da FAB que estava desaparecido desde ontem, sexta (4), é encontrado em SC; dois ocupantes morreram

Aeronave era utilizada para treinamento da Força Aérea Brasileira

Enviar no WhatsApp
Avião da FAB que estava desaparecido desde ontem, sexta (4), é encontrado em SC; dois ocupantes morreram

Avião da FAB foi encontrado destruído neste sábado (5) - Foto: Prefeitura Canelinha/Divulgação

 

O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que perdeu o sinal em Santa Catarina foi encontrado neste sábado (5) em uma área de mata de Canelinha, na Grande Florianópolis, informou o secretário de Obras e Serviços Urbanos do município, Silvio Reis. Dois corpos estavam carbonizados.

A aeronave T-25 de instrução da Academia da Força Aérea perdeu sinal na tarde de sexta-feira (4), quando o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina foi acionado pela Aeronáutica. Na manhã deste sábado, a FAB passou a usar avião e helicópteros próprios para as buscas.

Conforme o secretário, o avião foi encontrado "totalmente destruído", por volta das 12h deste sábado, em uma localidade conhecida como Rolador. O T-25 era ocupado por dois militares que faziam um voo de treinamento da Academia da Força Aérea.

"Há três soldados da aeronáutica no local. A gente ajudou a fazer uma limpeza. [...] Todo mundo ajudou", comentou Reis.

Segundo o prefeito da cidade, Diogo Maciel, um sinal de fumaça e luzes teriam sido vistos, sexta-feira, na região.

A FAB não informou os nomes dos militares. Segundo os bombeiros, o avião partiu de Pirassununga (SP) com destino a Florianópolis.

 

Último contato ocorreu no fim da tarde de ontem, sexta (4)

A FAB perdeu contato com a aeronave na tarde de sexta-feira (4).  As equipes dos bombeiros foram acionadas por volta das 16h40. A última localização da aeronave foi entre a região de Canelinha e Tijucas.

Bombeiros fizeram buscar por terra durante toda à noite. Hoje pela manhã, a FAB assumiu o trabalho com buscar pelo ar. 

 

Com informações g1

 

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo