SC-350 recebe operação tapa-buracos entre Alfredo Wagner e Rio do Sul

Serviços pontuais já começaram em Rio do Sul e secretário de Estado anuncia licitação para restauração completa.

Enviar no WhatsApp
SC-350 recebe operação tapa-buracos entre Alfredo Wagner e Rio do Sul

Foto: Helena Marquardt/Diário do Alto Vale

Foi iniciada nesta semana a operação tapa-buracos no trecho da SC-350 entre Rio do Sul e Alfredo Wagner. Os trabalhos começaram pela capital do Alto Vale onde motoristas precisam redobrar a atenção e ter paciência já que em alguns momentos o trânsito fica em sistema de pare e siga. A Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade de Santa Catarina não informou o total de investimentos feitos nessa operação, mas anunciou a licitação para a restauração completa da rodovia ainda no segundo semestre.

De acordo com a assessoria de imprensa do Governo do Estado, nesse momento estão previstos serviços de tapa-buracos, recuperação do pavimento com fresagem e recomposição da capa asfáltica em alguns pontos, além da sinalização horizontal e vertical.
Os trabalhos serão realizados por meio do projeto Recuperar, pelo consórcio Cim-Amavi, no trecho entre os municípios de Rio do Sul e Aurora, e por meio da Coordenadoria Regional Planalto da Secretaria da Infraestrutura e Mobilidade (SIE), no trecho entre Aurora e Alfredo Wagner. A previsão é que a manutenção seja concluída até o fim de agosto.

O morador de Aurora, Alan Garcia, que passa pelo trecho diariamente acredita que a melhoria era necessária. “Em alguns trechos a situação era tão precária que minha esposa sofreu inclusive um acidente e teve perca total no carro. As melhorias na rodovia são importantes para trazer segurança e evitar prejuízos”, disse.

Em visita ao Alto Vale, o secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, anunciou que deve ser lançada nos próximos dias a licitação para a restauração completa da SC-350, assim como da SC-110 para fazer a conexão com a BR-282. “Estamos pensando na infraestrutura do Alto Vale e teremos mais notícias até o final do ano”, afirmou.

Questionado sobre a continuidade das obras do projeto Recuperar e a possibilidade de aumentar o recurso repassado aos municípios, o secretário disse que o Estado já teve um aumento de mais de 70% nos investimentos em conservação de rodovias e o problema é a gestão dos valores e não a falta de dinheiro. “São quase R$ 18 milhões de reais para Santa Catarina e de fato os investimentos do Projeto Recuperar não tem problema de dificuldade financeira. Hoje só 58% do valor repassado foi efetivamente executado. Em parceria com os municípios estamos verificando a melhor forma para que eles consigam operacionalizar esse repasse financeiro”.

O presidente da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi), prefeito Joel Longen diz que a região recebeu apenas o valor aproximado de R$ 4,1 milhões do projeto e que a quantia é insuficiente. “É insuficiente pelo estado em que estavam as rodovias e estradas vicinais quando a gente assumiu esse compromisso. Hoje o projeto não está concluído devido às licitações e pandemia, mas já foi retomado. Atualmente temos 87% dos recursos recebidos já com ordem de serviço. Ele está no final e todo mundo está vendo a situação que estão as rodovias, então com certeza vamos solicitar um novo aporte de recurso maior que esses R$ 4 milhões para que possamos fazer tudo que teria que ser feito”, antecipou.

Preparação da pista para ligação com ponte

Já a prefeitura de Rio do Sul informou que também executa obras no trecho para fazer a ligação da SC-350 com a nova ponte que liga a Albertina ao Bom Fim. Nesse momento os trabalhos estão concentrados na preparação da pista que receberá asfaltamento. Já o asfaltamento ainda será licitado.

 

Por Helena Marquardt

Diário do Alto Vale

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo