Prefeito de Ituporanga solicita ao Governo do Estado ciclovia entre Rio do Sul e o Parque da Cebola

Além da implantação da ciclovia projeto de revitalização prevê instalação de trevos e rotatórias.

Enviar no WhatsApp

Pensando no desenvolvimento da região e também na melhoria da mobilidade o prefeito de Ituporanga Gervásio Maciel fez a entrega na semana passada de ofício na secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade solicitando a construção de uma ciclovia na SC-350, entre Rio do Sul e o Parque da Cebola em Ituporanga.

O ofício que foi assinado também pelo prefeito de Aurora, Alexsandro Kohl, é para que um projeto semelhante ao da estrutura já existente entre Laurentino e Rio do Oeste, seja incluso no projeto de revitalização da rodovia, com a ampliação do acostamento que hoje tem cerca de um metro e meio e para três metros e meio e utilizar metade desse espaço para ciclovia. 

O pedido foi entregue nas mãos do secretário adjunto da Infraestrutura, Alexandre Martins da Silva, e de deputados que representam a região. “Tivemos a oportunidade de ser recebido pelo secretário adjunto da infraestrutura em uma audiência junto com o Deputado Jerry Comper. E aproveitamos para solicitar o apoio aos demais parlamentares também. Deixamos o ofício com a reivindicação com os deputados Milton Hobus, Dirce Heiderscheidt, Marcos Vieira, José Milton Schaffer e o próprio Jerry que esteve conosco na audiência”, explicou.

De acordo com o prefeito, após receber o pedido o  secretário adjunto da Infraestrutura, Alexandre Martins da Silva sinalizou positivamente para a demanda. “Ele acolheu nosso pedido e determinou inclusive ao pessoal do estudo técnico a inclusão ao projeto de revitalização. Na oportunidade nos entregaram o anteprojeto com todas as plantas de todo esse trecho da SC-350 onde queremos criar vias marginais e calçadas no bairro da Vila Nova e Cerro Negro, que são dois polos industriais que estamos criando”, comentou.

Ele diz que a obra é bastante importante e traria segurança aos trabalhadores da região que utilizam o trecho e ajudaria no segmento do turismo, onde poderia auxiliar na criação de rotas turísticas para os ciclistas que poderão vir de Rio do Sul a Ituporanga para visitar o santuário. “Estamos otimistas porque já temos os levantamentos, está tudo encaminhado. E além da ciclovia pedimos também várias melhorias nessa rodovia como os trevos e rotatórias. Nossa parte estamos fazendo e agora temos que trabalhar politicamente para que isso saia”, pontuou.

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo