Duplicação da BR-470 só deve ser concluída em 2025, prevê governo federal

Enviar no WhatsApp
Duplicação da BR-470 só deve ser concluída em 2025, prevê governo federal

Foto: Patrick Rodrigues

 

As obras de duplicação da Br-470 entre Navegantes e Indaial só devem ser concluídas em 2025. A previsão consta da Lei Orçamentária Anual de 2023 enviada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) ao Congresso nesta quarta-feira (31). Na proposta, que ainda receberá emendas dos parlamentares, estão reservados apenas R$ 58 milhões para a rodovia do Vale do Itajaí, redução de 32% em comparação aos R$ 84,4 milhões incluídos no projeto de lei original de 2022.

O governo não prevê quadro melhor para a BR-470 em 2024 e 2025, números que põem em dúvida até mesmo a previsão de inaugurar a rodovia em três anos. Para 2024, a União prevê investir R$ 59 milhões na duplicação. Em 2025, só R$ 21,7 milhões. Porém, faltam pouco menos de R$ 800 milhões para concluir as obras, levando-se em conta os dados do próprio governo.

Segundo a lei orçamentária, a BR-470 consumirá R$ 1,7 bilhão no total. Juntando tudo o que o governo federal já investiu com o auxílio de R$ 140 milhões pago pelo Estado desde 2021, chega-se a quase R$ 800 milhões. Como o Estado ainda aplicará mais R$ 160 milhões e a União prevê menos de R$ 140 milhões em três anos, há meio bilhão faltando ainda na conta. 

A redução de investimentos em infraestrutura no orçamento não é exclusividade da BR-470. Para se ter ideia, ela é a primeira colocada na lista das que mais têm recursos orçados para 2023 na cota do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). 

 

Por Fernando de Assis/nsctotal

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo