Exército vai realizar exercício de ajuda humanitária em Rio do Sul

Exército vai realizar exercício de ajuda humanitária em Rio do Sul

Imagem Ilustrativa (Reprodução Internet)

 

O Exército Brasileiro participa, em todo o território nacional, de atividades de apoio à população em situações de calamidade, tais como as desencadeadas nas enchentes do Vale do Rio Itajaí (SC), nos anos de 1983 e 2008, e nos deslizamentos de terra na região serrana do Rio de Janeiro, em 2010. Em operações de manutenção da paz, o Exército atua em diferentes missões, como a do Haiti, de 2004 a 2017.

Em consonância com a Constituição Federal e a Lei Complementar n.º 97, de 1999, e no cumprimento das missões precípuas e subsidiárias das Forças Armadas, o Exército mantém efetivos militares em condições permanentes de atuar em ajuda humanitária à população brasileira. Nesse sentido, com a finalidade de preservar a capacidade operativa das tropas, o Comando Militar do Sul promoverá um exercício, empregando a 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, a fim de propiciar o adestramento necessário à rápida atuação das forças de ajuda humanitária.

O Exercício de Ajuda Humanitária ocorrerá entre os dias 27 e 30 de novembro de 2017, tendo como ápice as atividades do dia 29, na cidade de Rio do Sul (SC). A Base de Operações será o quartel do 23º Batalhão de Infantaria, sediado em Blumenau (SC), Organização Militar com grande experiência nesse tipo de atividade, fruto da atuação nas intempéries ocorridas na Região do Vale do Itajaí. 

Além dos militares sediados em Blumenau, participam das ações as tropas vindas de Florianópolis e Porto União (SC), e de Curitiba (PR). As atividades contarão com a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Santa Catarina, a Secretaria de Defesa Civil e a Prefeitura Municipal de Rio do Sul.

O treinamento tem como foco os seguintes procedimentos: organização da estrutura de apoio à população e emprego de material e pessoal habilitado a executar ações de busca, transporte e alojamento de desabrigados; distribuição de itens emergenciais; apoio de saúde e emprego de meios de segurança pública em situações extraordinárias.

 

Por Departamento de Comunicação 
Prefeitura de Rio do Sul 

Outras Notícias

PUBLICIDADE