Alto Vale vai enviar 18 policiais ao Litoral

Eles vão participar da Operação Veraneio e ficam nas praias do dia 20 de dezembro ao dia 11 de fevereiro.

Alto Vale vai enviar 18 policiais ao Litoral

Foto: Arquivo/DAV

 

O 13º Batalhão de Polícia Militar vai enviar para o Litoral neste fim de ano, 18 policiais para participar da Operação Veraneio, que visa reforçar a segurança nas praias no período em que o número de turistas aumenta consideravelmente. Desse total, 13 são de Rio do Sul, um de Ituporanga, dois de Taió e dois de Ibirama.

Eles ficam na região do dia 20 de dezembro a 11 de fevereiro e são divididos sempre em quatro grupos que trabalham em épocas diferentes. Os primeiros 18 policiais ficam nas praias de 18 a 31 de dezembro, o segundo de 31 de dezembro até 14 de janeiro, terceiro de 14 a 28 de janeiro e o último do dia 28 de janeiro a 11 de fevereiro.

Segundo o comandante do 13º Batalhão, tenente coronel Renato Abreu, a quantidade de policiais é definida pelo comando geral da Polícia Militar que determina o número que cada região deve enviar.

“Para a sétima RPM [Região de Polícia Militar], que abrange o Alto Vale, foram designados 80 policiais e o comandante da sétima RPM determinou que do Alto Vale iriam 18 policiais, então eu reuni os oficiais do Batalhão e das companhias isoladas e chegamos a essa divisão”.

Ele conta que os policiais que vão para o litoral, a maioria de forma voluntária, desempenham atualmente aqui na região diversos serviços, uma escolha estratégica para não prejudicar nenhum setor.

“Esse policiais militares serão tirados alguns da Rádio Patrulha, alguns do Pelotão de Patrulhamento Tático e outros do próprio expediente do Batalhão”.

Questionado sobre como fica o policiamento na região, já que muitos municípios contam com um efetivo bastante baixo, o coronel explica que essa ausência de alguns policiais é suprida.

“Em dezembro, janeiro e fevereiro as férias dos policiais são reduzidas, ou seja, tem menos policiais de férias, então temos essa possibilidade”, completou.

Ele finalizou dizendo que o policiamento continua normalmente e que a comunidade não vai sentir nenhum impacto na segurança em virtude do envio dos policiais para a Operação Veraneio.

A Operação Veraneio

A Operação Veraneio 2018-2019 será coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada, presidido pelo secretário da Segurança Pública Alceu de Oliveira Pinto Junior. Além das polícias Civil, Militar e Rodoviária, Bombeiros, IGP e Detran, também atuarão de forma integrada as secretarias da Defesa Civil e da Justiça e Cidadania, Exército, Marinha, Aeronáutica, polícias Federal e Rodoviária Federal, bem como as prefeituras abrangidas por meio das guardas municipais.

Serão investidos na operação R$ 15 milhões para manter a operação em 61 municípios catarinenses. Cerca de nove mil profissionais de segurança pública e outros mil guarda-vidas contratados contarão com cerca de duas mil viaturas, sete helicópteros e três aviões, além de quadriciclos, motonáuticas e embarcações.

 

Por Helena Marquardt

Diário do Alto Vale 

Outras Notícias

PUBLICIDADE