Primeiro lote de vacinas contra a varíola dos macacos chega ao Brasil

A remessa de 9,8 mil doses chegou no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo

Enviar no WhatsApp
Primeiro lote de vacinas contra a varíola dos macacos chega ao Brasil

Foto: Freepik/Saiful52

 

As primeiras doses de vacinas contra a Monkeypox, doença popularmente conhecida como varíola dos macacos, chegaram ao Brasil nesta terça-feira (4). As 9,8 mil doses desembarcaram no Aeroporto de Guarulhos, na cidade de São Paulo. De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 50 mil doses já foram compradas via fundo rotatório da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e devem ser entregues até o fim de 2022.

Inicialmente, os grupos a serem vacinados serão de pessoas que tiveram contato prolongado com doentes diagnosticados ou em tratamento com antirretroviral para HIV. O objetivo é avaliar a efetividade da vacina Jynneos/MVA-BN contra a varíola dos macacos na população brasileira. A população-alvo do estudo será formada por pessoas mais afetadas e com maior risco para a doença. 

Os imunizantes serão utilizados para a realização de estudos, conforme recomendação da Organização da Saúde (OMS). “É importante ressaltar que as vacinas são seguras e atualmente são utilizadas contra a varíola humana ou varíola comum. Por isso, o estudo pretende gerar evidências sobre efetividade, imunogenicidade e segurança da vacina contra a varíola dos macacos e, assim, orientar a decisão dos gestores”, destacou o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) será a responsável pela coordenação da pesquisa com o apoio da OMS e financiamento do Ministério da Saúde. Em breve serão divulgados quais centros de pesquisa serão incluídos “considerando as cidades com elevados números de casos confirmados da doença e a infraestrutura disponível para a condução do estudo", disse o ministro.

 

Por Correio Braziliense

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo