Morte de macacos acende alerta para febre amarela no Vale do Itajaí

Dive registrou mais sete óbitos em três cidades da região.

Morte de macacos acende alerta para febre amarela no Vale do Itajaí

Vacinação é disponibilizada pelos SUS nos postos de saúde (Foto: Salmo Duarte)

O Vale do Itajaí registrou mais sete novas mortes de macacos por febre amarela, o que acende um alerta para a região, informa a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive). Dos 86 óbitos de primatas ocorridos pela doença neste ano no estado, 53 foram no Médio Vale. Os mais recentes confirmados foram de cinco bugios de Apiúna, e dois de Aurora e Vitor Meireles.

Além disso, lembra a veterinária da Dive, Aysla, 17 casos em humanos foram constatados pela diretoria de janeiro até o momento; duas pessoas morreram, uma de Indaial e outra em Camboriú. Os dois casos eram de homens não vacinados.

As sete mortes de macacos contabilizadas neste mês (mas as amostras foram recolhidas em abril) mostram que o vírus continua circulando em Santa Catarina, especialmente no Norte e Médio Vale do Itajaí.

— Existem evidências através dos corredores ecológicos de que o vírus está caminhando para a Serra Catarinense e Alto Vale do Itajaí. É muito importante que a população se previna contra essa doença. Os macacos são nossos sentinelas, eles avisam onde está o vírus — explica Aysla.

Moradores que encontrarem macacos mortos ou doentes devem acionar a Vigilância Epidemiológica do município.

Vacina

A vacina é a melhor forma de prevenir a febre amarela. Todas as pessoas com mais de nove meses devem ser imunizadas. A dose está disponível gratuitamente nos postos de saúde de todo o estado.

— O alerta é principalmente para essas duas regiões onde as últimas epizootias (mortes de macacos) foram registradas. A cobertura vacinal nesses locais está abaixo de 95% do público-alvo, que é a meta recomendada para prevenção de surto pela doença —, afirma Lia Quaresma Coimbra, gerente de imunização da Dive.

Cidades com maiores números de mortes de macacos por febre amarela em 2020 

(dados atualizados em 21 de setembro)

Blumenau - 29

Campo Alegre - 13

Pomerode - 9

São Bento do Sul - 7

Apiúna - 5

Benedito Novo - 4

 

Por Bianca Bertoli

Santa / NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE