Gestantes e puérperas sem comorbidades e lactantes passam a ter acesso à vacina contra a Covid em Ituporanga

Enviar no WhatsApp
Gestantes e puérperas sem comorbidades e lactantes passam a ter acesso à vacina contra a Covid em Ituporanga

Imagem Ilustrativa (Reprodução Internet)

 

A secretaria de Saúde de Ituporanga ampliou nessa semana os grupos prioritários com acesso a vacina contra a Covid-19. Gestantes e puérperas sem comorbidades e também as lactantes passaram a ter acesso à imunização e estão com agendamento aberto para vacinação ainda nessa semana.

De acordo com a enfermeira responsável pelo Posto de Saúde Central Jucilene Rossa Bonfin, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto),  com 18 anos ou mais, com ou sem comorbidades,  devem apresentar relatório médico ou prescrição médica permitindo a imunização.  Já as lactantes (mulheres que estejam amamentando), com 18 anos ou mais, precisam comprovar a condição mediante apresentação de prescrição ou declaração médica, além de documento de identidade com foto e/ou cartão SUS.

Para esses públicos a vacinação tem sido liberada de acordo com recomendações técnicas com a administração das vacinas dos laboratórios Comirnaty/Pfizer ou Sinovac/Butantan ( entre essas a que tiver disponível no município).

A secretaria de Saúde esclarece que a ordem de vacinação das lactantes dependerá da quantidade de doses recebidas do Ministério da Saúde e que são encaminhadas aos municípios, e deverá atender aos seguintes critérios e datas:

1. Lactantes que amamentam crianças com até 6 meses de idade: poderão ser vacinadas a partir de 19 de junho;

2. Lactantes que amamentam crianças entre 6 meses e 1 ano de idade: poderão ser vacinadas a partir de 26 de junho;

3. Lactantes que amamentam crianças entre 1 ano a < de 2 ano de idade: poderão ser vacinadas a partir de 03 de julho;

4. Lactantes que amamentam crianças maiores de 2 anos de idade: poderão ser vacinadas a partir de 10 de julho

Para fazer agendamento basta acessar o site www.ituporanga.sc.gov.br e fazer o cadastro.

Em entrevista a enfermeira responsável pelo Posto de Saúde do Centro Jucilene Rossa Bonfim, fala sobre a ampliação de públicos prioritários com acesso a vacina Covid-19.

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo