Dengue: Ituporanga tem 15 focos do mosquito Aedes Aegypti ativos

Município conta com mais de 80 armadilhas e agentes de saúde fazem varredura e alertam a população.

Enviar no WhatsApp
Dengue: Ituporanga tem 15 focos do mosquito Aedes Aegypti ativos

Foto: Assessoria de Comunicação Administração de Ituporanga

 

Assim como muitas cidades de Santa Catarina, Ituporanga também está em alerta por causa da dengue. A cidade registra neste momento 15 focos ativos e a Secretaria de Saúde tem intensificado o trabalho de varredura de possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti, mas o principal pedido é de colaboração da comunidade para evitar água parada.

A secretária de saúde, Aline de Abreu Postais, explica que os agentes comunitários de Saúde estão percorrendo os bairros da área urbana fazendo visitas e orientação para evitar a proliferação do mosquito. “Além disso, os agentes fazem as vistorias para ver se encontram algum possível criadouro ou foco e atualmente o município conta com mais de 80 armadilhas distribuídas pelo município”, disse.

Ela lembrou que cuidados básicos são fundamentais e toda a comunidade precisa fazer sua parte. A recomendação é verificar se a caixa d'água está bem tampada, deixar as lixeiras bem tampadas, colocar areia nos pratos de plantas, recolher e acondicionar o lixo do quintal, limpar as calhas, cobrir piscinas, tapar os ralos e baixar as tampas dos vasos sanitários e limpar a bandeja externa da geladeira, entre outros cuidados.

Cenário preocupante em Santa Catarina

Desde o início do ano, Santa Catarina vem registrando um aumento expressivo nos casos de dengue. Todas as sextas-feiras, um boletim epidemiológico é divulgado pela Dive, apresentando o cenário estadual da doença. Até agora, De acordo com o último informe, divulgado no dia 03, pela Dive/SC, já foram identificados no estado 45.952 focos do Aedes aegypti em 229 municípios. Além disso, 130 municípios são considerados infestados pelo mosquito e 64 estão em epidemia de dengue.

Também já foram confirmados 53.049 casos da doença, sendo a maioria autóctone (48.892), ou seja, casos contraídos dentro do estado. Somente em 2022 já foram registrados 54 óbitos pela doença e outros 21 seguem em investigação.

 

Por Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Ituporanga

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo