Convênios garantem recursos para a saúde em municípios do Alto Vale do Itajaí

Cada cidade receberá R$ 150 mil, que serão usados para a aquisição de vans, equipamentos e medicamentos, totalizando R$ 2,5 milhões

Enviar no WhatsApp
Convênios garantem recursos para a saúde em municípios do Alto Vale do Itajaí

Divulgação

Um evento na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Rio do Sul marcou a assinatura de convênios para o repasse de recursos para a área da saúde de 17 municípios do Alto Vale do Itajaí na manhã desta sexta-feira. Cada cidade receberá R$ 150 mil, que serão usados para a aquisição de vans, equipamentos e medicamentos, totalizando R$ 2,5 milhões. No caso da cidade de Rio do Sul, os R$ 150 mil serão utilizados para consultas e exames de alta complexidade.

Também foram contemplados com recursos para a saúde os municípios de Atalanta, Chapadão do Lageado, Imbuia, Agrolândia, Mirim Doce, Aurora, Braço do Trombudo, Ibirama, Presidente Getúlio, Rio do Oeste, Vidal Ramos, Vitor Meireles, Laurentino, Petrolândia, Agronômica e Alfredo Wagner.

Aquisições

“É um dia muito importante para o Alto Vale do Itajaí. São diversos municípios contemplados. A nossa comunidade com certeza ganhará muito com as atividades do dia de hoje”, afirmou o secretário-executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Rio do Sul, Elias Souza, que representou o governador Eduardo Pinho Moreira.

No caso de Petrolândia, o dinheiro será usado para a aquisição de uma van que fará o transporte de pacientes para Florianópolis e Lages. O prefeito da cidade, Joel Longen, disse que o repasse chega em boa hora.

“É um recurso muito importante, principalmente na situação atual dos municípios, do Estado e do Brasil. É hora de contenção de despesas. Temos duas vans que fazem o transporte dos pacientes, mas já estão muito rodadas, dando muita manutenção. Essa substituição vai gerar uma economia para o nosso município”, diz Longen.

Apae

No mesmo evento, também foi assinado um termo de cooperação técnica entre a Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) e 16 APAEs do Alto Vale. Com isso, será possível que a FCEE ceda professores de seu quadro de funcionários para as associações, garantindo alívio financeiro.

Segundo a gerente de administração e finanças da FCEE, Dienefer Leopoldo, a cessão dos professores se dará mediante um acompanhamento e fiscalização de que se cumpram as diretrizes da educação especial.

O presidente da APAE de Rio do Sul, Ivan Conce, ressaltou o trabalho de excelência realizado pelas instituições. “O trabalho desenvolvido pelas APAEs traz um retorno muito importante. É um trabalho especializado que melhora e muito a qualidade de vida dos atendidos. Todos os trabalhadores e voluntários são pessoas que se doam para dar o melhor sempre”.

Autor Texto: ASCOM

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo