Projeto de lei que regulamenta cobrança de divida ativa gera polêmica em Ituporanga

Contador da prefeitura questiona emenda de cinco por cento para advogados

Enviar no WhatsApp

Se for sancionada pelo prefeito Osni Francisco de Fragas, contribuintes com divida ativa terão que pagar cinco por cento a mais, recurso este que será destinado para um fundo que irá custear a manutenção do setor jurídico da prefeitura, inclusive como complemento salarial.  Os detalhes na reportagem especial com João Sérgio.

 

Autor Audio: João Sérgio

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo