Prefeito de Vidal Ramos tem recurso negado em processo de cassação e poderá deixar a administração

Enviar no WhatsApp
Prefeito de Vidal Ramos tem recurso negado em processo de cassação e poderá deixar a administração

Laércio da Cruz (esq) e Helmut Stoltenberg (Foto: Divulgação)

 

No final da tarde dessa quarta-feira, em decisão monocrática, o ministro relator do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Napoleão Nunes Maia Filho, indeferiu o agravo de instrumento e suspendeu os efeitos da liminar que garantia a permanência nos cargos de prefeito e vice de Laércio da Cruz (PMDB) e Helmut Stoltenberg (PP).

Caso seja notificado antes de reverter a liminar, Laércio da Cruz precisará deixar o cargo.

Ainda nesta quinta-feira será realizada uma reunião com secretários e com o presidente da Câmara de Vereadores para traçar novos rumos, já analisando o pior cenário, ou seja, a saída de Laércio da Cruz do comando da administração. Com a saída de Laércio quem deve assumir o executivo na cidade é o presidente da Câmara de Vereadores Vânio Petry (PP).

Com a decisão o prefeito Laércio da Cruz teve o mandato cassado por ser acusado de ter gasto valor superior ao permitido com publicidade no ano das eleições, em 2016. Alem de cassar o mandato, a decisão suspende também os direitos políticos do prefeito pelo período de oito anos. Já o vice-prefeito Helmut Stoltenberg (PP) teve o mandado cassado, porem não teve os direitos políticos suspensos.

 

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo