Ministério Publico (MP), Polícia Civil e Militar realizam operação para combater a corrupção eleitoral em Taió

A Promotoria de Justiça na 46ª Zona Eleitoral e as Polícias Civil e Militar realizaram operação de busca e apreensão nos postos de combustíveis da cidade de Taió/SC para apreender provas da materialidade do crime de corrupção eleitoral (compra de voto) por meio do fornecimento de combustíveis a eleitores.

A operação foi desencadeada a partir de denúncias recebidas na Promotoria de Justiça, segundo as quais candidatos distribuem tickets ou vale combustíveis para eleitores em troca do voto. Foram apreendidos cupons fiscais, planilhas, anotações, mídias digitais, entre outros documentos. Os mandados de busca foram cumpridos na tarde de hoje simultaneamente nos seis postos da cidade, contando com a participação de 14 (quatorze) agentes, entre servidores e policiais.

Segundo o Promotor de Justiça Eleitoral, se o material apreendido demonstrar o envolvimento de candidatos com a compra de votos, poderá ser oferecida denúncia criminal pela prática do crime de corrupção eleitoral, além de proposta ação de investigação judicial eleitoral por abuso do poder econômico. Os corruptos podem ser punidos com pena de 1 (um) a 4 (quatro) anos de prisão, cassação do registro da candidatura e inelegibilidade por até 8 (oito) ano.

Fonte: http://promotoriadetaio.blogspot.com.br/

Outras Notícias

PUBLICIDADE