Justiça eleitoral indefere pedido de candidatura de Osvaldo Beltramini, de Ibirama, no Alto Vale

Enviar no WhatsApp

A Justiça Eleitoral de Ibirama indeferiu o pedido de candidatura do atual prefeito da cidade, Osvaldo Beltramini (PMDB), candidato à reeleição. A sentença do juiz Daniel Lazzarin Coutinho foi publicada no final da tarde desta quarta-feira e acompanhou o pedido que havia sido feito pelo Ministério Público Eleitoral. 

A decisão considerou uma sentença, ratificada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC), que determinou como sendo ilegal uma doação feita por  Beltramini a um candidato a deputado estadual durante a campanha eleitoral de 2014. 

De acordo com o advogado da campanha de Beltramini, Inácio Pavanello, afirmou que vai recorrer da decisão. Segundo ele, Beltramini é sócio da empresa que doou uma caminhonete para ser usada na campanha de 2014 por um candidato, mas alega que o valor estimado da doação representa 0,69% do valor da campanha, o que considerou como insignificante para promover desequilíbrio. — O juiz não considerou isso, mas essa questão já foi pacificada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e nós vamos recorrer ao TRE e ao TSE, se for preciso.

Jornal de Santa Catarina 

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo