Vereador suspeito de matar empresário em Dona Emma falta a depoimento pela segunda vez

Considerado foragido, polícia reforça buscas com reforço de agentes de Rio do Sul

Enviar no WhatsApp
Vereador suspeito de matar empresário em Dona Emma falta a depoimento pela segunda vez

Foto: Redes Socias/Divulgação

 

O vereador suspeito de matar um empresário e esfaquear outros dois homens, faltou ao depoimento agendado para esta quarta-feira (16), na Polícia Civil de Dona Emma. Esta é a segunda vez que o suspeito não aparece no depoimento agendado. Segundo o delegado Juliano Tumitan, responsável pela investigação, o advogado do vereador informou que o cliente está incomunicável.

Valdir Siqueira possuí um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido no final de semana em que o vereador teria matado o empresário Luciano Mafassoli, de 47 anos, a facadas em um bar em Dona Emma. O crime foi cometido no dia 5 de novembro.

Nesta quarta, com o objetivo de localizar e prender o homem, considerado foragido, as diligências foram intensificadas com o reforço de agentes de Rio do Sul. A defesa do suspeito não foi identificada até a publicação desta matéria. Procurada, a Câmara de Vereadores informou que irá verificar quem está responsável pela defesa do vereador e retornará em breve. O espaço segue aberto para um posicionamento do suspeito.

 

Entenda o caso

O empresário Luciano Mafassoli, de 47 anos, foi morto a facadas após discussão com o vereador do MDB, Valdir Siqueira. Os dois eram amigos e apostaram R$ 5 mil no resultado do segundo turno das eleições. Massafoli, eleitor de Bolsonaro, perdeu e pagou a dívida em dinheiro vivo. 

Logo depois, o empresário e o vereador passaram a se desentender e partiram para a agressão física dentro de um bar, onde aconteceu o crime, que também deixou outras duas feridas sem gravidade.

 

Fonte: SCC10

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo