Polícia localiza feto em Pouso Redondo

Polícia localiza feto em Pouso Redondo

Hospital de Pouso Redondo (Foto: Diário do Alto Vale/Divulgação)

Em buscas realizadas em um matagal em Pouso Redondo, a Polícia Civil encontrou nesta terça-feira (25), o feto que teria sido abortado por uma mulher de 24 anos. O caso chocou o Alto Vale no fim de semana, quando a jovem que estava grávida de oito meses foi detida pela polícia após confessar que teria realizado um aborto por meio de medicamentos.

Mesmo assumindo, ela não aceitou atendimento médico e, a princípio, não disse para a polícia quais remédios tomou e onde os conseguiu. O Instituto Geral de Perícias (IGP) recolheu o feto nesta terça-feira, mas não deu mais informações sobre o caso. Segundo o instituto, a Polícia Civil pediu sigilo das informações e o caso continua sendo investigado.

A Polícia Militar foi alertada do aborto no domingo (23), pelos próprios familiares da jovem. Ela foi levada ao hospital de Pouso Redondo contra a sua vontade, após parentes notarem que a sua barriga avisa diminuído de volume. A princípio ela negou ter feito um abordo, mas acabou assumindo depois que a placenta foi encontrada, ainda no fim de semana. A equipe médica que tentou fazer o atendimento da mulher estima que ela possa ter realizado o aborto há alguns dias, mas o diagnóstico não é preciso, já que a mulher negou atendimento. Ela pode ser responsabilizada pelo crime de aborto ou até por um crime mais grave, dependendo da investigação da polícia.

 

Por Diário do Alto Vale

Outras Notícias

PUBLICIDADE