Operação Varredura prende membros do PGC em Ituporanga

Operação Varredura prende membros do PGC em Ituporanga

Fotos: DIC Ituporanga/Divulgação

As Divisões de Investigações Criminais de Ituporanga, Araranguá e Palhoça deflagraram nesta quinta (15) e sexta-feira (16) a chamada Operação Varredura, cujo objetivo foi o desmantelamento de um braço da organização criminosa intitulada PGC (Primeiro Grupo Catarinense). 

Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão preventiva nas cidades de Palhoça, Ituporanga e Araranguá. Durante a operação foram presos Cleber Francisco Leite, vulgo “Stanlei” e Lucas Rocumbach apontados como membros do PGC, Andrei Felipe Andrade Hingel e Everton Luiz Meira.

A Polícia Civil continua as buscas no sentido de prender mais três envolvidos no esquema: Isaías Jacó Sanguiné Alves, Claudemir Flávio Júnior e Fábio Júnior Gomes da Silva.

Além do crime de organização criminosa, todos os presos também são investigados pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico e roubo qualificado por emprego de arma de fogo, já que, desde que a organização criminosa começou a operar em Ituporanga, cerca de 10 (dez) roubos foram registrados na Região da Cebola.

Segundo as investigações criminais, “Stanlei” seria um dos principais envolvidos no incêndio a dois caminhões guincho de uma empresa de Ituporanga, fato ocorrido no dia 25 de dezembro de 2014, além de haver indícios do mesmo estar envolvido em vários roubos ocorridos na região de Ituporanga.

Os quatro meses de investigações conduzidos pela Divisão de Investigações Criminais de Ituporanga mostraram que a organização criminosa foi constituída com os objetivos da prática de roubos a estabelecimentos comerciais, recrutamento de novos membros do PGC na região, e domínio da venda de drogas (Cocaína, crack, maconha e LSD) em Ituporanga, além de estabelecer um corredor impune de fornecimento de drogas a partir das cidades de Araranguá e Palhoça.

Divisão de Investigações Criminais de Ituporanga

Outras Notícias

PUBLICIDADE