Morre no hospital suspeito de matar o prefeito de Imbuia

Homem de 77 anos estava internado no Hospital Regional do Alto Vale desde a última quarta-feira.

Morre no hospital suspeito de matar o prefeito de Imbuia

Foto: Reprodução, Prefeitura de Imbuia

Morreu na manhã desta quarta-feira (15) no Hospital Regional do Alto Vale, em Rio do Sul, o homem suspeito de matar o prefeito de imbuia, João Schwambach (MDB), na última semana.

José Cardoso, conhecido como Zeca Patrício, estava internado desde a última quarta-feira (8) – dia do crime – na UTI da unidade de saúde. De acordo com informação de familiares, os órgãos do idoso foram doados. A morte cerebral de Cardoso foi confirmada nas primeiras horas da manhã, porém o óbito foi oficializado apenas pouco antes do meio-dia.

Conforme informações da polícia, o homem deu entrada no hospital de Ituporanga no início da noite da última quarta-feira com um tiro na cabeça. A suspeita é de que ele tenha tentado tirar a própria vida após o homicídio do prefeito de Imbuia. No mesmo dia do assassinato, devido à gravidade das lesões, ele foi levado ao hospital de Rio do Sul.

Por conta de depoimentos de testemunhas, imagens de câmeras de segurança e do próprio contexto da pequena cidade, os investigadores tratam o idoso como o único suspeito pelo assassinato de João Schwambach. Há a possibilidade, segundo a polícia, de que o crime tenha sido cometido por uma desavença entre ambos, que envolvia o alargamento de uma rua. A polícia não descarta a possibilidade de crime passional.

O assassinato

João Schwambach foi morto às 17h53min de quarta-feira (8) quando deixou o imóvel da prefeitura de Imbuia. Câmeras de segurança mostram o momento em que ele deixa o prédio do Executivo e caminha em direção a onde estão estacionados dois carros. Ele chega próximo a um veículo prata, cujo motorista dispara duas vezes. Os tiros atingem o peito de Schwambach, que morre pouco depois.

 

Por Augusto Ittner

NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE