Mãe mata vizinho em SC após flagrar homem tentando abusar sexualmente da filha de 5 anos

Enviar no WhatsApp
Mãe mata vizinho em SC após flagrar homem tentando abusar sexualmente da filha de 5 anos

Turistas presenciaram a situação e chamaram a polícia (Foto: Salmo Duarte, BD)

 

Uma mulher matou o vizinho na noite desta quinta-feira (30) em Penha no Litoral Norte de SC. Ela contou à polícia que flagrou o homem tentando abusar sexualmente da filha dela de apenas cinco anos. Os dois discutiram e o homem a teria agredido com uma foice. Ela conseguiu pegar um facão e acabou o matando. O delegado de plantão entendeu que a mãe agiu por legítima defesa e a liberou após prestar depoimento.

O caso ocorreu por volta das 20h na Praia do Poá. Segundo a polícia, o homem assassinado morava numa casa próxima ao local e a mulher era inquilina dele. Segundo relato dela, as brigas eram frequentes entre o proprietário da residência e os vizinhos, porque ele fazia uso excessivo de álcool. 

A mãe contou que flagrou o homem “paquerando” a criança, conforme a polícia.

Ela decidiu ir esclarecer a situação e foi quando o vizinho pegou uma foice e a golpeou nas pernas e nos braços. A mulher conseguiu pegar um facão e desferiu vários golpes no homem, que conseguiu correr por cerca de 100 metros de caiu no meio da rua. 

Um casal de turistas de Jaraguá do Sul viu a cena e chamou a polícia.

A mulher não fugiu da cena do crime e estava em casa machucada, em estado de choque, com os filhos pequenos. Ela precisou ser levada ao pronto-socorro antes de ir à delegacia. 

Após o relato dela e de outras testemunhas, o delegado de plantão entendeu que a mulher agiu em legítima defesa e foi liberada. O caso segue aberto, a perícia esteve no local e a criança deve ser ouvida por um psicólogo.

 

Por Talita Catie

Santa / NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo