Homem mata mulher e comete suicídio na frente do filho em Pouso Redondo

O crime que abalou os moradores da pacata cidade de Pouso Redondo, no Alto Vale, tanto pela violência quanto por ter sido cometido na frente de uma criança de um ano, aconteceu terça-feira na Rua 23 de Julho, no bairro Boa Vista. O casal recém-separado brigava pela guarda do filho e teria se desentendido nos últimos dias após uma audiência, segundo a Polícia Civil.

Jessica Aparecida da Silva, 21 anos, e Anderson Souza de Oliveira, 28 anos, foram encontrados por volta das 16h no chão da casa localizada perto de um bar. Moradores acionaram a PM e o Corpo de Bombeiros e ao chegarem ao local eles encontraram a mulher ferida na cabeça com disparo de arma de fogo já estava sem vida. O homem que também tinha uma perfuração de bala na cabeça estava consciente, mas não resistiu e morreu ao ser encaminhado ao hospital.

Segundo o escrivão da Polícia Civil de Pouso Redondo e responsável pelo expediente, Álvaro Rocha de Carvalho, o casal teria discutido e Oliveira disparado contra a ex-mulher. Depois atirou na própria cabeça. 

— A suspeita é de que eles estariam brigando pela guarda do filho e pelo valor da pensão alimentícia. A criança presenciou o crime e foi encaminhada ao Conselho Tutelar que iria verificar o destino do menor com familiares — conta.

A arma usada no crime, um revólver marca Rossi calibre .38, foi localizada dentro da casa com cinco munições, duas delas deflagradas. O caso foi encaminhado ao delegado da Comarca de Trombudo Central. O Instituto Geral de Perícias de Rio do Sul esteve na casa e perícias foram feitas no local do crime.

Jornal de Santa Catarina 

Outras Notícias

PUBLICIDADE