Assalto a banco em Apiúna: último envolvido no roubo é localizado e preso no Alto Vale

Investigação da Polícia Civil aponta que ele foi quem deu fuga aos criminosos após o crime.

Enviar no WhatsApp
Assalto a banco em Apiúna: último envolvido no roubo é localizado e preso no Alto Vale

Criminosos fizeram um cordão com reféns (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil de Ascurra prendeu o último envolvido no assalto ao Banco Bradesco, em Apiúna, no fim do ano passado. O homem, que não teve a identidade confirmada pelos investigadores, foi o responsável por dirigir o carro que deu fuga aos criminosos logo após o roubo.

Em janeiro deste ano a Justiça já havia autorizado a prisão preventiva dele, porém o homem já estava foragido e não foi localizado. De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Ronnie Esteves, a coleta de informações continuou até que houvesse a indicaçao de que ele estaria no Alto Vale.

O homem estava escondido na pequena cidade de Lontras, foi localizado, detido, e levado ao Presídio de Rio do Sul. Conforme Ronnie, ele “teve uma participação importante na empreitada criminosa” e agora ficará à disposição da Justiça para ser responsabilizado pelo crime que assustou os moradores do município do Médio Vale.

O roubo a banco em Apiúna foi o quinto grande assalto do ano no Vale do Itajaí. A ação ocorreu no dia 17 de dezembro do ano passado.

Armados, os assaltantes deram vários tiros e fizeram reféns – um deles foi levado sobre o capô do veículo na fuga dos criminosos e liberado após alguns quilômetros em uma esquina da BR-470.

O valor total roubado não foi divulgado, mas a polícia já recuperou todo o dinheiro. Além de cinco gavetas de caixas eletrônicos intactas, foram encontrados R$ 208 mil em espécie dentro de uma casa da cidade.

 

Por Augusto Ittner

Santa / NSC Total

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo