Acusado por feminicídio em Ituporanga é encontrado morto no presídio em Rio do Sul

Enviar no WhatsApp
Acusado por feminicídio em Ituporanga é encontrado morto no presídio em Rio do Sul

Foto Jornal A Tribuna do Alto Vale / Reprodução

 

O homem acusado de matar a facadas Claudia Aparecida Anacleto, de 48 anos, na última sexta-feira (17) em Ituporanga, foi encontrado morto nesta segunda-feira (20) dentro da cela onde se encontrava preso sozinho no Presídio Regional em Rio do Sul. Segundo informações da RBA TV, a Polícia Civil confirmou que o criminoso cometeu suicídio. O IGP esteve no local e já recolheu o corpo para perícia.

A delegada Elisabete da Cruz Prado conta que a vítima saía de um mercado no fim da tarde de sexta, por volta das 17h50, quando foi surpreendida pelo homem armado com um revólver. Conforme a investigadora, ao perceber que seria atacada, a mulher voltou correndo para dentro do comércio.

Elisabete diz que é possível observar nas imagens da câmera de segurança que a vítima conseguiu tirar a arma das mãos do agressor e chegou a ocorrer um disparo acidental, que atingiu a perna do homem. Entretanto, ele também carregava uma faca e golpeou a mulher no peito e nas costas.

"Ela lutou bravamente", relata.

Os bombeiros chegaram a levar a vítima ainda com vida ao hospital, mas ela não resistiu e morreu cerca de 40 minutos depois de dar entrada na unidade, segundo a polícia. De acordo com os bombeiros, a mulher tinha ao menos quatro perfurações a faca pela corpo.

Já o homem, mesmo ferido pelo tiro, conseguiu deixar o local e pedir ajuda a esposa dele, que chamou a polícia. Ele precisou ser levado ao hospital para atendimento médico e depois foi preso em flagrante. Para a delegada, trata-se de um caso de feminicídio pela relação entre vítima e agressor.

 

Por Jornal A Tribuna do Alto Vale

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo