Vereador sugere que parte da taxa do lixo cobrada em Ituporanga seja aplicada em programas educacionais para promover a separação correta do lixo

Enviar no WhatsApp
Vereador sugere que parte da taxa do lixo cobrada em Ituporanga seja aplicada em programas educacionais para promover a separação correta do lixo

Vereador Diogo Gastaldi (MDB) - Foto: Divulgação

 

O vereador Diogo Gastaldi (MDB) durante a sessão ordinária realizada segunda-feira (30) na Câmara de Vereadores de Ituporanga comentou na tribuna que pretende apresentar uma proposta que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO e Lei de Orçamento Anual – LOA para o ano de 2019. O objetivo é destinar pelo menos 2% da taxa cobrada pelo recolhimento de lixo na cidade em programas educativos nas escolas do município. De acordo com o vereador as ações de conscientização buscam demonstrar para as famílias a forma correta da separação do lixo em casa. “Hoje os nossos alunos, muitos deles, não sabem como fazer a reciclagem, e as nossas escolas não recebem dinheiro para fazerem essas campanhas educativas”, justificou o vereador.

Gastaldi pediu o apoio dos demais vereadores na aprovação da emenda que deverá ser apresentada nas próximas sessões e explicou mais aos colegas a proposta. “O dinheiro vai ficar aplicado em um fundo para que seja repassado para as escolas que poderão estar fazendo as campanhas educativas junto com as crianças, que desde pequenas vão saber como se trabalhar com o lixo”, finalizou o vereador.

 

Por Assessoria de Comunicação

Câmara de Vereadores de Ituporanga

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo